"Toda Escritura é divinamente inspirada e proveitosa para ensinar, para repreender, para corrigir, para instruir em justiça; para que o homem de Deus seja perfeito, e perfeitamente preparado para toda boa obra. 2 Timóteo 3:16-17"

domingo, 12 de fevereiro de 2012

Como saber da existência de Deus...


Em tempos de calor escaldante, temperaturas elevadas como é bom quando sentimos aquela brisa, aquele vento refrescante que deixa o ambiente no mínimo um pouco menos desconfortável. Realmente é algo que desejamos e que nos deixa felizes.
Agora pare e pense; você consegue olhar o vento? Consegue palpá-lo? O que te faz crer que ele existe? Eu sei que as respostas para essas perguntas estão na ponta da língua, que são; não conseguimos olhar o vento, não conseguimos palpá-lo, mas sentimos e isso nos faz crer e ainda vemos a ação dele (vento) nas coisas como, por exemplo, folhas das árvores.
Como ficamos confiantes e seguros quando conseguimos responder aos questionamentos fundamentados em algo concreto e solido, mas continuando tenho mais uma pergunta a fazer. Como você sabe que Deus existe? Você pode vê-lo? Palpá-lo? Senti-lo? Existe algo para você que fundamente sua certeza na existência e presença dele? A bíblia nos fornece informações valiosas que podem nos ajudar a responder essa questão.
1-      Todas as pessoas têm uma intima intuição da existência de Deus e que ele é o criador. Isso está fundamentado na colocação do apostolo Paulo em Romanos 1:21, onde ele se refere aos gentios¹  descrentes (povo não judeus) dizendo que eles tinham “conhecimento de Deus” e mais ainda em Romanos 1:25 dizendo sobre os ímpios², “mudaram a verdade de Deus em mentira” e ainda mais em Romanos 1:19, quando ele diz, “Porquanto, o que de Deus se pode conhecer, neles se manifesta, porque Deus lho manifestou.”
1- 2  A bíblia também cita as pessoas que negam essa “intuição”, percebam que ela não diz que essas pessoas não a possuem (intuição) e sim que eles negam em seus pensamentos, ações e palavras. São os “tolos” citados em Salmos 14:1 e Salmos 53:1
2-      Existem provas claras encontradas nas escrituras e na natureza.
2-1  A bíblia sempre pressupõe que Deus existe, tanto é que no primeiro capitulo de Genesis a bíblia começa com uma ação de Deus, que foi criar os céus e a terra, em outra passagem vemos Deus se relacionando diretamente com o então menino Samuel (1 Samuel 1:3-4), vemos também a ação de Deus na humanidade através de Jesus Cristo (João 3:16). São inúmeras passagens onde a bíblia mostra em relatos históricos tanto a existência de Deus, quanto a interação direta com a criação.
2-2  Quando olhamos ao nosso redor (natureza) e vemos as coisas maravilhosas, detalhadas e complexas funcionando em sincronia espantosa, estamos na verdade vendo prova da existência e algumas características do autor / criador.
Em Rm 1:20 temos a seguinte mensagem, Porque as suas coisas invisíveis, desde a criação do mundo, tanto o seu eterno poder, como a sua divindade, se entendem, e claramente se vêem pelas coisas que estão criadas, para que eles fiquem inescusáveis, em Salmos 19:1 diz, OS céus declaram a glória de Deus e o firmamento anuncia a obra das suas mãos.  
Baseado nessas duas passagens bíblicas; deixo os seguintes dados importantes para reflexão.
- o eixo da terra esta inclinado em um perfeito angulo de 23 graus e não há nenhum erro permitindo assim a igual distribuição global dos raios solares fazendo possível existir a cadeia alimentar.
- a combinação de nitrogênio e oxigênio na atmosfera que respiramos todos os dias é exata para que a vida possa prosperar.
-a lua controla as mares, ou seja, como se fosse uma empregada que limpa os oceanos, onde ate as ondas da praia não quebram em vão. a maré arrasta as impurezas para o fundo do oceano.
Então, concluímos que Deus deixou dois livros abertos onde ele se revela para a humanidade, ou seja, a criação e a bíblia. Sobre a criação isso nos inclui e tratando disso, no livro de Genesis 1:26-27 onde o Senhor diz que nos criou conforme sua imagem e semelhança, seres complexos, dotados de inteligência, emoções, atitudes, posição critica. Você já parou e pensou sobre isso?  (assunto para texto futuro).
O segundo livro e mais importante “A bíblia” é a maior e mais rica fonte de informações sobre Deus (ate porque veio dele, homens inspirados por Deus escreveram a bíblia) gerando conhecimento verdadeiro e completo provocando relacionamento correto com ele. Nele conhecemos os atributos de Deus, suas vontades, seus princípios, suas ações.
Por Adilson Marcos



Referencias..
Gentios¹ - são todas as pessoas que não são do povo judeu. Eu sou um gentio e provavelmente você também seja. Qualquer pessoa que não seja um judeu se enquadra como sendo parte do povo gentio. Na Bíblia o povo não-judeu é designado pelo nome de gentios.
Quando Paulo diz, por exemplo: “A mim, o menor de todos os santos, me foi dada esta graça de pregar aos gentios o evangelho das insondáveis riquezas de Cristo” (Ef 3. 8), ele está querendo dizer que foi dada a ele a graça de levar a palavra de Deus aos gentios, ou seja, aos que não são judeus
Ímpio² -  segundo a bíblia significa impiedoso: in de "não" e pio de " piedoso" Pode se referir a pessoas que não vivem baseadas no perdão, que é o caso dos que aceitam a Jesus e crêem em sua salvação pela piedade de Cristo.
Teologia sistemática; Wayne Grudem

13 comentários:

  1. Posso não vê-lo, mas sinto suas mãos me amparando em qualquer dificuldade, seu toque de carinho em qualquer tristeza...O amor de Deus é tão puro que só nos basta isso!

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. o palpa-lo citado Jordana foi na enfase de toque mesmo... mas eu entendi sua colocação. obrigado pela visita.. abracos

    ResponderExcluir
  4. Os 2 livros de Deus: A criação e a bíblia....Como negar a existência de Deus? Eu até "compreendo" pessoas não aceitarem a Cristo, trindade, ...Mas negar a existencia de Deus!!!! Não consigo entender a mente de um Ateu.....

    Bom texto mano Adilson, vc tem talento pra escrever...Toda a glória a Deus....paz

    ResponderExcluir
  5. Rebelião meu amigo, rebelião, veja ( E digo isto, e testifico no Senhor, para que não andeis mais como andam também os outros gentios, na vaidade da sua mente, Entenebrecidos no entendimento, separados da vida de Deus pela ignorância que há neles, pela dureza do seu coração; Efesios 4:17-18) e 2 Corintios 4:2-3 (3 Mas, se ainda o nosso evangelho está encoberto, é naqueles que se perdem que está encoberto,4 nos quais o deus deste século cegou os entendimentos dos incrédulos, para que lhes não resplandeça a luz do evangelho da glória de Cristo, o qual é a imagem de Deus.) tudo isso meu irmão e amigo Fabiano.. são tolos em negar o que lhes salta aos sentidos. Abraço e obrigado

    ResponderExcluir
  6. Belo texto! Tudo que existe diz e fala da existência, como diz o texto, de um Deus perfeito. Sua Palavra nos mostra mais profundamente esse Deus e do caminho, necessário a seguirmos, se um dia quisermos residir com Ele em Sua casa. A natureza ao nosso redor faz com que meditemos no poderio desse Deus e O glorifiquemos, pois um Deus tão Santo consegue amar pessoas como nós cheias de pecados!

    ResponderExcluir
  7. Deus é um ser supremo, um espírito dotado de entendimento e de vontade, infinitamente perfeito que existe por si mesmo.
    Deus único Ser necessário que existe desde toda a eternidade, sempre existiu e sempre existirá.

    ResponderExcluir
  8. Sem Deus, definitivamente, não existiria nada.. Mesmo que um mundo existisse o que seria da ordem sem os ensinamentos de Deus? O homem precisa entender que ele não é o dono de tudo. Ele não é dono de nada. Tudo depende do nosso Pai, toda honra e toda glória somente a ele. Como disses acima, não posso vê-lo, mas posso senti-lo, e que sua presença se fala cada vez mais forte em minha vida!

    ResponderExcluir
  9. Podemos não vê-lo, mas sentimos a presença de um Deus maravilhosos todos os dias, pois é pela sua infinita bondade e misericórdia que vivemos.

    ResponderExcluir
  10. Sim, é verdade! "Os céus declaram a sua glória, e o firmamento anuncia as obras das Suas mãos" Sl 19:1.
    Não creio que uma mente "inteligente" possa aceitar que a complexidade da existência humana, bem como a do universo, possa ser obra do acaso. Concordo em gênero, número e grau. Glória a Deus, que nos revela as Suas maravilhas!

    ResponderExcluir
  11. Graça e paz amado.

    Achei muito interessante esse seu texto. Principalmente a sua análise quanto aos modos de Deus se revelar ao homem. A analogia dos dois livros foi muito boa: a criação é o livro onde Deus se revela a toda humanidade, tornando-a inescusável (porque não obstante isso a grande maioria renega o criador e cai na condenação). O segundo livro revela a plenitude de Deus e proporciona a comunhão com ele (leva o homem a salvação). E poderia acrescentar que ainda a o segundo livro seja acessível e qualquer um possa ler, depende de Deus se fazer entender por ele, do contrário não passará de um amontoado de textos. Em tudo Deus se revela sobremodo soberano.

    Soli Deo Gloria!

    ResponderExcluir
  12. E poderia acrescentar que ainda a o segundo livro seja acessível e qualquer um possa ler, depende de Deus se fazer entender por ele, do contrário não passará de um amontoado de textos. Em tudo Deus se revela sobremodo soberano.

    Perfeita colocação Pr Samuel Balbino.. abraços e obrigado

    ResponderExcluir

Nele, digo, em quem também fomos feitos herança, havendo sido predestinados, conforme o propósito daquele que faz todas as coisas, segundo o conselho da sua vontade; Efesios 1:11